DIA DO TRABALHO

quinta-feira, 20 de maio de 2010

TERRAS DO SUL






.
Terra bela,brasileira,
Com o seu céu sempre azul,
Pequena e hospitaleira,
Assim é o Rio Grande do Sul.

Aqui no solo gaúcho,
Em que sopra o vento sul,
Tudo é bom e contagiante,
Inverno frio,com geadas,
Mas com um lindo sol brilhante.

Meu Rio Grande amado,
Com seu cabedal de glórias...
És Estado afamado,
Por sua bela história.

Sua bebida,o chimarrão,
Aproxima a gauchada,
Sempre com disposição,
Pra cantar e gargalhar.

Quando sopra o vento sul,
O frio se espalha no pampa,
E o gaúcho veste o poncho,
Pra sentir-se protegido,
Do nosso vento Minuano
Que assobia pelos pagos,
Espalhando seu gemido.

Terra de muitos heróis,
Que andaram pelas coxilhas,
Com amor e valentia,
Por nossos belos arrebóis,
Na Revolução Farroupilha,
Momento de muitas glórias,
Perpetuando o gaúcho,
Nas páginas de nossa história.
Publicado:20/05/2010.
Código do Texto: T 226.8972
Rosamaro.

2 comentários:

  1. Estimada Amiga e Ilustre Poetisa Rosaura,
    Embora saiba algo sobre esse belo local que é o Rio Grande do Sul, sempre estou aprendendo algo mais, principalmente com uma Professora conhecedora e nativa desses locais.
    Adorei seu poema, ele só por si narra uma história linda, essa bebida não a provei, mas deve maravilhosa.
    Por tanto ter gostado do seu artigo e de seu belo poema fiz um link para meu blog.
    Um abraço amigo

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pelo amável comentário.Uma abraço.

    ResponderExcluir